BICHECTOMIA

BICHECTOMIA
A bichectomia é a cirurgia plástica que retira total ou parcial de duas bolsas de gorduras presentes uma em cada lado da boca, entre o maxilar e a mandíbula. Essas bolsas de gordura estão em casos de estar ou não acima do peso. O objetivo da bichectomia é puramente estética: reduzir o volume da parte de baixo do rosto.

Indicações da bichectomia

A indicação mais comum para a remoção dessas bolsas de gordura, são para pacientes que apresentam lesões repetitivas por mordeduras na parte interna das bochechas. 
No entanto, a procura maior para a cirurgia de bichectomia é por estética. Quem mais procura tem, geralmente, rosto mais arredondado e bochechas salientes e busca afinar a face para demarcá-la. 

Como é realizada 

O local em que o tecido gorduroso se encontra fica abaixo de estruturas nobres da região facial, por isso, acontece por uma pequena incisão na parte interna das bochechas, o que facilita a identificação e manipulação das bolas de gordura, minimizando riscos.
 

Preparo

Alguns exames são necessários antes de realizar a bichectomia. Entre eles, está o hemograma completo, a fim de detectar possíveis infecções ou alterações no organismo do paciente; coagulograma, que pode avaliar anormalidades no tempo de coagulação do sangue; e eletrocardiograma, que analisa a atividade elétrica do coração durante o seu funcionamento.
A anestesia poderá ser local com sedação ou anestesia geral.

Recuperação

No pós-operatório poderá ser feito o uso de antibióticos, compressas frias no local da retirada de gordura e gargarejo com antisséptico bucal. É importante manter repouso e evitar falar, bem como fazer esforço físico.
Há pacientes que podem optar por fazer drenagem pós-operatória no local, para potencializar a recuperação.

Resultado

O resultado da bichectomia deixa o rosto com linhas mais definidas e menos volume na região das bochechas, dando, até mesmo, sensação de emagrecimento ao paciente.
 
*O resultado da cirurgia plástica varia de acordo com cada paciente e organismo.
Tratamentos e Cirurgias que vão muito além da vaidade

Conheça as dúvidas mais frequentes sobre os procedimentos realizados pelo Dr. Luiz Carlos

  • A bichectomia é realizada também em homem?
  • Qualquer cirurgia plástica estética no homem, tem suas particularidades e, com a bichectomia masculina não é diferente. O cirurgião plástico deve sempre estar atento, para que os traços típicos do rosto atraente masculino não sejam perdidos.
  • Fica alguma cicatriz?
  • O cirurgião plástico afirma que a bichectomia não deixa nenhum tipo de cicatriz. E caso fique, a incisão é realizada dentro da boca.
  • O procedimento pode ajudar em casos de ‘’morder a bochecha’’?
  • O paciente que possui o problema de “morder a bochecha” para realização de atividades diárias como a mastigação, por exemplo, pode ter o seu problema resolvido com o procedimento. A cirurgia de bichectomia também é indicada para indivíduos com bruxismo ou apertamento dentário.
  • O rosto pode voltar ao normal após um tempo?
  • O resultado após a retirada das bolas de gordura é, na maioria das vezes, definitivo. É muito raro que ocorra aumento da gordura após a sua retirada parcial. A progressão do envelhecimento facial (impossível de ser parada com qualquer cirurgia) ou ganhos muito grandes de peso podem alterar um pouco o resultado com os anos.
  • Tem idade mínima?
  • Embora seja grande o número de adolescentes que procuram a cirurgia de bichectomia, a indicação é que seja feita somente quando já existe uma formação completa da anatomia humana, o que acontece por volta dos 18 anos. O médico diz que a partir dessa idade a anatomia já está mais fixa, mas tudo vai depender da avaliação profissional de cada caso.