MAMOPLASTIA DE AUMENTO

MAMOPLASTIA DE AUMENTO
Sendo uma das cirurgias plásticas mais realizadas em todo mundo, a mamoplastia de aumento é indicada para mulheres que estão insatisfeitas com o tamanho dos seios.

Esse procedimento serve para dar volumes as mamas, que são naturalmente menores, ou que foram reduzidas por alguma razão como gravidez, perda de peso e retirada dos seios devido ao câncer. Além disso, mulheres que tem os seios com tamanhos diferentes um do outro, podem também se sujeitar ao procedimento.

O aumento dos seios pode melhorar o equilíbrio corporal, aumentar a projeção das mamas e valorizar a autoconfiança e autoestima.

É importante saber que essa cirurgia não corrige as mamas que estão caídas severamente. O procedimento mais adequado para esse caso específico é o lifting dos seios, que pode ser realizada em conjunto com o aumento das mamas.

Indicação 

A cirurgia de prótese mamária (ou mamoplastia de aumento) é indicada para pacientes que possuem pequeno volume mamário ou que tiveram redução neste volume após a amamentação sem que houvesse queda da mama (ptose mamária).

 Os ótimos resultados obtidos com esta cirurgia no Brasil elevam a cada dia o número de pacientes que procuram aumento das mamas. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, a mamoplastia de aumento foi a cirurgia plástica mais realizada no Brasil em 2008, com cerca de 21% do total de procedimentos cirúrgicos realizados. Saiba a seguir um pouco mais sobre esta cirurgia.

Tipo de Anestesia:

Local com sedação, peridural ou geral, dependendo de casa paciente e da ocorrência ou não de cirurgias associadas.

Técnica Cirúrgica:prótese mamária pode ser colocada através de três incisões diferentes: submamária (no sulco inferior formado entre a mama e o tórax), periareolar (ao redor da metade inferior da aréola) ou axilar (em uma prega natural dentro da axila). Com relação à localização anatômica, a prótese pode ser posicionada logo atrás da glândula mamária ou atrás do músculo peitoral maior (submuscular).

Cada incisão e localização anatômica tem suas vantagens, desvantagens, indicações e contraindicações e sua escolha deve ser realizada em conjunto entre paciente e cirurgião plástico após minuciosa consulta médica.

Procedimento:

  • Anestesia local com sedação, peridural ou geral.
  • Incisão cirúrgica realizada no local previamente escolhido (submamária, periareolar ou axilar).
  • Descola-se o plano no qual a prótese deverá ser colocada, formando um espaço vazio abaixo da glândula mamária ou do músculo.
  • Insere-se a prótese de mama no espaço previamente formado.
  • Sutura-se as estruturas abertas cirurgicamente (glândula mamária ou músculo, tecido subcutâneo e pele). Geralmente deixa-se um dreno nas primeiras 24 horas para que as secreções acumuladas no interior da mama não se coletem próximo à prótese.
 

Tipos de Próteses de Mama:


Existem inúmeros tipos e modelos de próteses mamárias, cada uma possuindo uma indicação específica dependendo do tipo de mama da paciente, das suas expectativas com a cirurgia e do plano a ser utilizado (subglandular ou submuscular).

As próteses de mama podem ter variação em seu perfil, conteúdo ou envoltório. O perfil corresponde à forma da prótese de mama e pode ser redondo ou anatômico (gota). 

Devido à grande variedade existente de próteses de mama, a escolha da prótese ideal é realizada durante a consulta médica, quando o cirurgião plástico, através de um minucioso exame físico, indica a prótese que proporcionará à paciente o melhor resultado estético.
*O resultado da cirurgia plástica varia de acordo com cada paciente e organismo.
Tratamentos e Cirurgias que vão muito além da vaidade

Conheça as dúvidas mais frequentes sobre os procedimentos realizados pelo Dr. Luiz Carlos

  • A cirurgia de aumento das mamas deixa cicatrizes?
  • Toda incisão cirúrgica deixa uma cicatriz. Temos sempre o cuidado de através de técnicas de sutura e de material cirúrgico de qualidade, oferecer à paciente a cicatriz mais discreta possível. Infelizmente a qualidade cicatricial não depende somente desses factores. As características genéticas e o tipo de pele de cada pessoa têm um papel fundamental neste resultado.
  • O pós-operatório desta cirurgia é doloroso?
  • Geralmente não. O pós-operatório é bastante confortável, desde que siga as orientações médicas, principalmente no se refere à movimentação dos braços.
  • O que posso esperar de minhas mamas após a cirurgia, se tudo correr da forma esperada?
  • As mamas ficam com um volume maior, com melhoria da sua consistência e forma. Deverá passar a existir uma harmonia entre o volume das mamas e o tamanho do tórax. Até atingir seu resultado final, as mamas passarão por vários períodos evolutivos pelo que não deve ficar ansiosa.
  • Onde se localizam as cicatrizes?
  • No sulco inferior da mama, na aréola ou na axila. Como as cicatrizes ficam bastante disfarçadas as roupas mais decotadas são permitidas algumas semanas após a cirurgia.
  • Quanto tempo dura a cirurgia?
  • Em média, 60 a 90 minutos. Não confundir a duração da cirurgia com o tempo de permanência do paciente no Centro Cirúrgico, pois esta permanência envolve também o período de preparação anestésica e recuperação pós-operatória.